Passar para o Conteúdo Principal

Projetos cofinanciados pela União Europeia

Portugal 2020
Trata-se do ACORDO DE PARCERIA adotado entre Portugal e a Comissão Europeia, que reúne a atuação dos 5 Fundos Europeus Estruturais e de Investimento - FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP - no qual se definem os princípios de programação que consagram a política de desenvolvimento económico, social e territorial para promover, em Portugal, entre 2014 e 2020.
Estes princípios de programação estão alinhados com o Crescimento Inteligente, Sustentável e Inclusivo, prosseguindo a Estratégia Europa 2020.
Portugal vai receber 25 mil milhões de euros até 2020, para tal definiu os Objetivos Temáticos para estimular o crescimento e a criação de Emprego, as intervenções necessárias para os concretizar e as realizações e os resultados esperados com estes financiamentos.

POISE - Programa Operacional Inclusão Social e Emprego

Ficha de projeto 2015

imagem

Designação do projeto | PEPAL – PROGRAMA DE ESTÁGIOS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL

Código do projeto | POISE – 20-3220-FSE-000237

Objetivo principal |Possibilitar aos jovens com qualificação superior a realização de um estágio profis¬sional, em contexto real de trabalho, que crie
condições para uma mais rápida e fácil integração no mercado de trabalho

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Moimenta da Beira

Data de aprovação | 18-07-2016

Data de início | 13-07-2015

Data de conclusão | 12-07-2016

Custo total elegível | 66.821,16 €

Apoio financeiro da União Europeia | FSE - 61.475,47 €

Apoio financeiro público nacional | 5.345,69 €

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

  • Promover novas formações e novas competências profissionais, que possam poten¬ciar a modernização dos serviços públicos;
  • Garantir o início de um processo de aquisição de experiência profissional em con¬tacto e aprendizagem com as regras, as boas práticas e o sentido de serviço público;
  • Fomentar o contacto dos jovens, designadamente os que não trabalham não es-tudam, nem se encontrem em formação, com outros trabalhadores e atividades, evi-tando o risco do seu isolamento, desmotivação e marginalização e contribuindo para a melhoria do seu perfil de empregabilidade.

imagem