Passar para o Conteúdo Principal

Têm raízes em Moimenta da Beira e jogaram ontem pela Seleção Portuguesa de Futebol

Imagem 1 1024 800
15 Outubro 2018
São guarda-redes de Futebol e da Seleção Portuguesa. E têm ambos raízes em Moimenta da Beira: Beto, por parte da mãe (Célia Duarte Bastos), que é natural de Vila Cova, freguesia de Caria. E Cláudio Ramos, por parte do pai (Gilberto Ramos), que é natural de Peva, União das Freguesias de Peva e Segões. Os dois, convocados por Fernando Santos, o selecionador de Portugal, jogaram ontem, domingo, 14 de outubro, frente à Escócia, confronto que a equipa das quinas venceu por 3-1, merecidamente. Beto era já internacional repetente, Cláudio Ramos estreou-se ontem, substituindo precisamente Beto.

Beto, de 35 anos, formado no Sporting, joga atualmente no Goztepe SK, da Turquia, mas, na sua longa carreira já defendeu as cores do Leixões, FC Porto, Sporting de Braga, Cluj e Sevilha.

Cláudio Ramos, de 26 anos, um dos melhores na sua posição, defende hoje a baliza do Tondela, e já foi internacional por sete ocasiões entre as categorias sub-16 e sub-20. Foi ainda, na época 2017/2018, vencedor do prémio “Guarda-Redes da 1ª Liga”. Nas camadas jovens foi guarda-redes do Paivense, Académico de Viseu, Repesenses e Vitória de Guimarães. Como sénior, além do Tondela, passou também pelo Vitória de Guimarães e o Amarante.