Passar para o Conteúdo Principal

Leomil, Moimenta da Beira e Paraduça ganharam o 8º Concurso de Abóboras

1 1 1024 800
12 Novembro 2018
A maior, com 2,15 metros de perímetro, foi cultivada em casa dos pais de Tiago Salgueiro, em Moimenta da Beira. A mais pesada, com 56 quilos, veio da quinta de Gregório Bernardo, em Paraduça. E a mais original, cresceu em terrenos de Florinda Pereira, em Leomil. Os concorrentes vencedores foram premiados com vales de 20 euros, valor que terá de ser utilizado em compras de produtos à venda na Feirinha da Terra. Aconteceu tudo sábado passado, 10 de novembro, na 8ª edição do Concurso de Abóboras promovido pela Câmara de Moimenta da Beira, no espaço do Mercado Municipal.

Ao todo concorreram 20 participantes, que levaram a concurso abóboras de todos os géneros e feitios cultivadas em sete localidades do concelho: Aldeia de Nacomba, Alvite, Leomil, Moimenta da Beira, Paraduça, Semitela e Soutosa.

Na modalidade da abóbora mais original, foram tantos e tão variados os exemplares, que o júri premiou (com uma garrafa de espumante Terras do Demo, a casa um) mais dois concorrentes: Maria Sousa de Oliveira, de Soutosa, 2ª classificada; e Rosária Almeida, de Aldeia de Nacomba, 3ª classificada.
image title
A maior, com 2,15 metros de diâmetro, foi cultivada em casa dos pais de Tiago Salgueiro, em Moimenta da Beira
A mais pesada, com 56 quilos, veio da quinta de Gregório Bernardo, em Paraduça
A mais original, cresceu em terrenos de Florinda Pereira, em Leomil.
A mais original (2 º Prémio) - Maria Sousa Oliveira (Soutosa)
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
Houve magusto...
image title
image title
E houve também animação musical
image title
image title
image title