Passar para o Conteúdo Principal

A história do Parlamentarismo e do Palácio de S. Bento está exposta no átrio dos Paços do Concelho

1 1 1024 800
03 Maio 2019

Em 25 painéis, expostos até final deste mês de maio no átrio dos Paços do Concelho de Moimenta da Beira, é contada toda a história do Parlamentarismo português e do Palácio de S. Bento.

É ao longo desses painéis – animados com bonitas e coloridas fotografias – que é descrita a evolução política dos diversos regimes e respetivos sistemas parlamentares. Em concreto neste aspeto, a narração começa nas Cortes de Leiria de 1254, as primeiras com representação direta do povo, e prossegue pela revolução liberal de 1820 (a qual deu origem às Cortes Constituintes de 1821-1822); pela instauração da República em 1910; pela ditadura (o chamado Estado Novo); e finalmente pela Democracia ou regime em Portugal nascido com o 25 de Abril de 1974.

Ao percorrer-se os documentos representativos da exposição podem observar-se as diversas adaptações do Palácio de S. Bento às novas funções a que foi sendo chamado pelos intérpretes e personagens da História do nosso país. É lembrado o trabalho de Possidónio da Silva e Veloso salgado, e reproduzem-se as incidências que a sede do Parlamento sofreu e de que se recompôs, em especial por exemplo o grande incêndio que deflagrou em junho de 1895.

A exposição já percorreu cerca de 90 concelhos e leva até aos mais remotos lugares de Portugal a mensagem do diálogo e da convivência democrática, melhorando e corrigindo a imagem que por vezes é transmitida.

2 1 1024 683
3 1 1024 683
4 1 1024 683