Passar para o Conteúdo Principal

“Terras do Demo”, reedição da obra é apresentada no sábado, em Soutosa, Moimenta da Beira

Terras do demo  cartaz  1 980 2500
06 Maio 2019

No ano em que a obra “Terras do Demo”, de Aquilino Ribeiro, faz 100 anos, os municípios de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva juntam-se à Bertrand Editora e reeditam o livro, que recupera para a capa a pintura de Abel Manta. A apresentação, que decorrerá no próximo sábado, dia 11 de maio, às 17h30, na Fundação Aquilino Ribeiro, em Soutosa, Moimenta da Beira, será o primeiro momento comemorativo do centenário do livro, já que durante o mês de maio e junho vai ser cumprido um vasto programa de iniciativas que se inicia agora nas “Terras do Demo” e terá continuidade em Lisboa e Aveiro.

Na casa do escritor, na Fundação Aquilino Ribeiro, a apresentação da reedição terá como protagonistas João Soares, ex-ministro da Cultura; Ana Isabel Queiroz, professora da Universidade de Lisboa, investigadora do Instituto de História Contemporânea, que prefaciou esta edição de “Terras do Demo”; Aquilino Machado, neto do escritor; Eduardo Boavida, diretor da Bertrand Editora; e os três presidentes das autarquias, José Eduardo Ferreira (Moimenta da Beira), Carlos Silva Santiago (Sernancelhe) e José Morgado (Vila Nova de Paiva).

A reedição de “Terras do Demo” dá continuidade ao projeto de colaboração dos municípios de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva com a Bertrand Editora, que permitiu, nos últimos anos, reeditar obras de Aquilino Ribeiro como “Cinco Réis de Gente”, “O Homem da Nave” e “Malhadinhas”. O dia 11 de maio é mais um momento histórico de valorização e promoção da obra literária do Mestre das letras portuguesas.