Passar para o Conteúdo Principal

Expodemo ’19 recebe jornalistas e escritores de vinho de sete nacionalidades que vão acompanhar certame e visitar região

Imagem 1 980 2500
03 Setembro 2019

A maçã é o símbolo icónico da Expodemo, mas o vinho tem também relevância no programa. Tanto que despertou o interesse de jornalistas estrangeiros. Nove ao todo, oriundos de sete países: Rússia, China, Hungria, França, Brasil, Espanha e Portugal. Deslocam-se a Moimenta da Beira para acompanhar o certame e conhecer o potencial vínico da região Távora-Varosa, que produz vinhos e espumantes de excelência, entre eles o “Terras do Demo” produzido pela Cooperativa Agrícola do Távora. O programa contempla ainda um roteiro de enoturismo pela região e a participação da comitiva de jornalistas na ‘Prova de Vinhos’ do certame, onde estarão presentes cerca de seis dezenas de marcas das regiões vitivinícolas do Dão, Douro e Távora-Varosa.

A Expodemo, que este ano se estreia como um “ecoevento”, arranca a 13 de setembro e encerra dois dias depois. O certame é uma feira de negócios e de cultura, de sentidos e emoções, é a Festa da Maçã, fruto da terra, das raízes e da Luz, que se assume hoje como um relevantíssimo cartaz turístico e cultural de Moimenta da Beira, coração da maçã. Estima-se que 40 mil pessoas possam visitar o recinto durante os três dias, recinto com cerca de oito mil metros quadrados todo ele em redor dos Paços do Município, no miolo mais urbano e representativo da vila de Moimenta da Beira. O espaço vai acolher 160 expositores, quatro palcos para mais de 25 espetáculos e mais de 150 artistas.

Expodemo'19 (topo-imagem)

Patrocinadores